icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
28/06/2014
08:25

Os primeiros treinamentos que esboçaram uma equipe do Grêmio tem trazido uma mudança considerável se comparada ao time de antes da parada da Copa do Mundo. Edinho, antes titular, tem figurado entre os reservas. E o jovem Matheus Biteco, que completa 19 anos hoje, tem sido testado por Enderson Moreira na função e vai ser observado pelo comandante nos amistosos que virão.

Biteco é formadoo no Tricolor, assim como seu irmão Guilherme, atualmente no Vasco. O volante é um dos jovens que carregam expectativa de seguir o caminho de Lucas e Fernando, outros dois volantes criados no clube. Trabalha ao lado de Ramiro entre os titulares. E foi muito elogiado por Enderson em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

- Achei que fosse interessante que a gente desse uma oportunidade, o Matheus estava merecendo não só pelo quue apresentava nos treinamentos, mas também pelo que apresentou quando entrou em alguns jogos, teve boa dinâmica e muito força. É cedo para ter algum tipo de definição - comentou Enderson Moreira.

A ascensão de Biteco contrasta com o declínio, pelo menos momentâneo, do experiente Edinho. O camisa 8 gremista foi contratado no início desta temporada como um dos jogadores de nome para rechear o elenco. Fellipe Bastos, Riveros, que está machucado, e Zé Roberto são as outras opções, além de outros dois jovens, Guilherme Amorim e Walace.

- Vejo isso como natural, cada jogador tem etapas a poder cumprir. Edinho é um jogador importante, e assim como teve espaço quando era jovem, tem alguns buscando isso. Não descartamos nada, estamos observando. E vejo com naturalidade Acontece na vida de qualquer jogador. Momentos que inicia como titular, que vai participar de jogos pontuais. É natural para mim. O mais importante é observar sempre o que os atletas estão fazendo. É um momento importante para o Matheus, é um jogador oriundo da base, tem apresentando boas características - minimizou o treinador tricolor.