icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
10:33

O confronto entre Grêmio e Bahia, nesta tarde, na Arena, coloca frente a frente dois times que estão em situações bem distintas no Brasileirão. Enquanto o primeiro briga e quer pegar novamente a vice-liderança, o segundo busca pontos para se distanciar mais da zona de rebaixamento. Se depender do histórico, o azul, preto e branco sairá mais feliz: nos 11 jogos entre as equipes na competição, o Tricolor gaúcho nunca perdeu.

São cinco vitórias gaúchas e seis empates quando o mando é do Grêmio. O Bahia não venceu o rival deste domingo na história dos Brasileiros, desde 1968 , como visitante. São 14 gols marcados e cinco sofridos pelos mandantes. O momento ruim do Bahia no Brasileirão, que é 15°, com 37 pontos, não é visto como uma facilidade pelas bandas gremistas.

- Nosso foco é totalmente no Bahia, precisamos nos reestabelecer no Brasileiro. O Atlético pensamos só a partir do final do jogo. Eles precisam de pontos e vai ser um jogo muito difícil. Temos que fazer prevalecer nossa força dentro de casa. Time forte, com Fernandão e Souza, jogadores de retenção e difíceis de marcar. É um time alto, bola parada é um perigo. Mas temos que saber que temos virtudes, podemos surpreender a equipe deles - comentou o zagueiro Bressan.

Ainda sem definição, o Grêmio deve entrar em campo no 4-3-3, já que terá o retorno de Kleber, Barcos e Vargas em relação ao time que perdeu para o Atlético-PR na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Por outro lado, Renato Gaúcho perdeu Pará, suspenso. Moisés deve ser o substituto.