icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/11/2013
17:58

Como vaga-lume, Maxi Rodríguez aparece no Grêmio em alguns jogos, quando Vargas não está presente por conta de suas convocações. Em outros, não pode figurar no banco e vê as partidas pela televisão ou nos camarotes da Arena. O meia uruguaio está sendo preparado pela comissão técnica do clube gaúcho e lapidado para brilhar em 2014, tornado-o mais competitivo.

O jogador de 23 anos tem 15 jogos no ano e marcou dois gols com a camisa tricolor. Por suas participações em algumas partidas, demonstra qualidades que a torcida gremista valoriza - deu passe para Barcos marcar na vitória sobre o Corinthians e, em jogada individual, marcou golaço na derrota para o Criciúma.

- Estamos preparando, há bastante tempo. Vai ser bem melhor. Tem bastante qualidades, prova cada vez que entra. Para a gente, não precisa mostrar, sabemos das condições dele. Quando ele veio, veio de um clube do Uruguai que não tinha nem sala de musculação. Todo mundo corria, dava a bola para ele e ele decidia, não tinha noção de marcação, de esquema. Era livre, leve, sem responsabilidade. Passamos a prepará-lo fisicamente, taticamente, e ele aprender a competir. Tem que ajudar na marcação, também. Estamos preparando o Maxi para o ano que vem - destacou Renato Gaúcho.

Para o início das partidas, o treinador gremista acredita que Maxi ainda não está plenamente preparado. Prefere o utilizar entrando no decorrer das partidas, para que pegue as defesas adversárias descansadas.

- Vai ser muito últil, mas acredito que não esteja em condições de jogar noventa minutos. Ele começa bem, mas perde a força. Por isso tenho usado ele mais no segundo tempo. É um trabalho que a gente vem fazendo, vai dar alegrias para a torcida do Grêmio ainda. A preparação é para o ano que vem - avaliou o comandante gremista.

Pela declaração de Renato, assim, o Grêmio deve entrar com Zé Roberto no meio-campo, como foi contra o Vasco, quando o camisa 10 deu assistência para Rhodolfo marcar o gol da vitória. Elano seria a outra opção se o treinador optar por manter o mesmo esquema tático.

Relembre o golaço de Maxi Rodríguez