icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/04/2014
08:02

A goleada sofrida para o Internacional ainda deixa cicatrizes no Grêmio. Os dirigentes do clube gaúcho tiveram, por exemplo, que falar sobre a sequência do trabalho de Enderson Moreira após a apresentação do meia Rodriguinho. A garantia é de que a convicação no treinador segue. A retomada será exemplificada na sequência da derrota no Gre-Nal da Arena.

A goleada, da maneira que foi, já colocou dúvidas de torcedores sobre Enderson Moreira. Mesmo que a campanha na Libertadores seja a segunda melhor entre os classificados para as oitavas de final. Mas as derrotas para o maior rival, com uma supremacia tática, abalaram pela primeira vez a confiança dos torcedores no comandante gremista.

- Sequer cogitamos isso (saída de Enderson). As redes sociais não podem servir de pauta para uma gestão. O que sabemos é que o torcedor está triste e abatido, esse abatimento também é nosso. Temos que fazer o que fizemos quando tivemos outra derrota animicamente pesada, que foi perder na Arena. E conseguimos recuperar as forças para fazer a partida que fizemos contra o Atlético Nacional. É necessa capacidade de tristeza e indignação que apostamos - garantiu o diretor-executivo Rui Costa.

Apesar do placar ser bem diferente, Rui Costa equivale os pesos das derrotas. Por isso, coloca o jogo com o Atlético Nacional, na Colômbia, como exemplo para uma retomada já no fim de semana. No domingo, o Tricolor enfrenta o Atlético-PR, em Florianópolis, na estreia do Brasileirão.

- Às vezes os torcedores acham que se absorve com normalidade uma derrota como essa. Mas não. Todo mundo estaba abatido, triste, indignado principalmente por como foi. Ao mesmo tempo que era irremediável no momento, nos fechamos no vestário, olhamos e é o mesmo time que teve uma das melhores campanhas da Libertadores, enfrentou o Grupo da Morte e está viva na competição - completou o dirigente gremista.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta terça-feira, no Olímpico. Nesta segunda, o meia Rodriguinho foi apresentado de maneira oficial. Ele chega para reforçar o setor na Libertadores e permanece no Tricolor até o final do ano.