icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/07/2014
08:14

Depois das quatro contratações durante a parada do Brasileirão para a Copa do Mundo, o Grêmio se coloca como candidato ao título nacional. E mais: diz que dará trabalho para os concorrentes. Com a chegada de reforços, dois deles de peso, casos de Fernandinho e Giuliano, o Tricolor também encerra o ciclo de prospecção no mercado, salvo alguma situação nova.

O clube gaúcho buscou quatro jogadores que entendia que necessitava: um lateral-direito para concorrer com Pará, caso de Matías Rodriguez; um volante, Fellipe Bastos, para o lugar de Léo Gago e já prevendo uma possível saída no setor; e a chegada da dupla ofensiva, para dar mais estofo no ataque, que sofreu com a falta de gols no primeiro semestre.

- Embora estejamos atentos ao mercado, o Grêmio praticamente encerra o ciclo de contratações. Entendemos que disponibilizamos boas opções ao treinador. A nossa busca agora é para que estas peças se harmonizem e possam constituir coletivamente uma grande equipe dentro do Brasileirão - disse o diretor-executivo Rui Costa.

Em sexto colocado, um ponto atrás dos quatro times a sua frente, o Tricolor considera que manteve o objetivo de permanecer na disputa da ponta nas primeiras nove rodadas. Com os cartuchos cheios e refeito taticamente, irá incomodar. É, pelo menos, o discurso da diretoria gremista.

- Nós estamos muito próximos do líder e só falamos em vencer aqui. O elenco tem este objetivo e está focado. Os outros clubes vão ter que trabalhar muito para tirar este título do Grêmio - completou Costa.

O recomeço do Brasileirão acontece na próxima quarta-feira para os gaúchos, em duelo com o Goiás, na Arena. Para a partida, é possível que o maior reforço até o momento, Giuliano, não tenha condições legais de atuar. O Tricolor tem a terça-feira para inscrevê-lo na CBF e deixá-lo apto. O atacante Fernandinho está fora, por questões físicas. Matías também enfrenta a possibilidade de ser desfalque, por conta da documentação, mas tem treinado entre os reservas.