icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
09/04/2014
08:06

O Grêmio está à procura de um novo volante para seu elenco. Interesse antigo da diretoria do clube gaucho, Amaral, do Goiás, foi o escolhido. Mas a negociação ainda não avançou, já que o Esmeraldino rechaçou a proposta gremista, que envolvia a cessão de jogadores. Os goianos querem receber uma compensação financeira pelo negócio.

O último contato entre os dirigentes dos dois clubes aconteceu nesta segunda-feira. Segundo o presidente Sérgio Rassi, o Tricolor fez uma sondagem e ofereceu jogadores em troca da liberação de Amaral. Conforme apurou o LANCE!Net, foram três propostas, a última envolvendo quatro jogadores, que estaria próximo de ser aceita pelos goianos. Algo negado.

- O Grêmio ofereceu permuta com atletas pela liberação do Amaral. Mas nós descartamos, queremos uma compensação financeira - comentou Rassi ao L!Net.

O Goiás não nega que poderia negociar Amaral com o Tricolor. Mas só aceita dinheiro para liberá-lo. Paralelamente, tenta renovar o contrato do volante, que se encerra ao final do ano - o clube gaúcho poderia esperar o final do contrato e contar com ele de graça para 2015, com um pré-contrato sendo assinado em junho.

A busca por Amaral é motivada por um pedido de Enderson Moreira, que trabalhou com o jogador no Goiás. Era, inclusive, capitão da equipe que contava com Walter e companhia. Até porque Enderson conta com poucas opções específicas para a função de proteção à defesa. Há algumas semanas, o Grêmio negou que tivesse entrado em contato com o Esmeraldino.

Além de Edinho, tem Adriano e Matheus Biteco para a posição específica de primeiro volante. O mais utilizado, porém, tem sido Lèo Gago. Mas o segundo tem sido pouco utilizado e quase deixou o clube rumo ao Coritiba. E Biteco é um jovem, surgindo das categorias de base. No total, o Grêmio tem sete volantes: Edinho, Riveros, Ramiro, Gago, Matheus Biteco, Adriano e Guilherme Amorim.