icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
09/11/2014
19:05

O Grêmio está no G4. E a entrada no grupo especial do Campeonato Brasileiro veio de maneira especial. O Tricolor é terceiro colocado, superando o Atlético-MG no saldo de gols, e acabou com o jejum de dois anos sem vencer Gre-Nal. De quebra, venceu a primeira na sua Arena e devolveu o 4 a 1 sofrido na final do Campeonato Gaúcho deste ano.

Os jogadores, após o apito final, admitiram que sofriam muito pressão da torcida por não ter ganho Gre-Nal nesta gestão de Fábio Koff. A última vitória havia sido em agosto de 2012, no Beira-Rio, com gol de Elano.

- Acho que foi, se não foi um dos melhores, emocionalmente acho que foi o melhor. Mais de dois anos que não vencia Gre-Nal, eu não tinha ganhado nenhum. Estávamos sendo cobrado por isso, por vencer um Gre-Nal, no dia a dia a gente sofria essa pressão. Mas trabalhamos e lutamos. É uma vitória importante, para o Felipão e para a torcida que sempre nos apoiou - destacou Rhodolfo.



A vitória também tem um gosto especial pelo treinador. Luiz Felipe Scolari completa 66 anos neste domingo. O tema foi abordado pelos jogadores na saída para o vestiário, com grande comemoração dos torcedores na zona mista.

- Para o Felipão, para a torcida, é isso, no começo do ano, perdemos na final do Gauchão, sabíamos que a gente tinha condição de vencer eles. Agora é curtir esse momento, entramos definitivamente no G4 - comemorou Dudu.