icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2014
21:22

A estreia de Giuliano foi frustrada. Na noite em que o meia se apresentou pela primeira vez em frente ao torcedor gremista, o Grêmio ficou no 0 a 0 com o Goiás, na noite desta quarta, na Arena, e engatou o quarto jogo sem vencer - e sem marcar gol - no Campeonato Brasileiro. O centroavante Barcos, que perdeu chance clara, foi substituído e saiu vaiado.

O Tricolor ficou com 16 pontos após o resultado. O Goiás ficou com a mesma pontuação, mas segue atrás. Os gaúchos enfrentam o Figueirense, no sábado, no Orlando Scarpelli, enquanto o Esmeraldino pega o Sport, em casa, no domingo.

GRÊMIO CRIA, MAS NÃO FAZ

As atenções estavam todas voltadas para o meia Giuliano, estreante da noite. O camisa 88 foi centro da criação de jogadas ofensivas, dividindo um pouco as atenções com o jovem Luan. Ambos estiveram envolvidos nas melhores chances criadas. Primeiro, o garoto avançou pela esquerda, após passe de Barcos, e cruzou para trás. Lá estava Giuliano. Mas o meia finalizou por cima do gol de Renan.



Foi o reforço gremista que encontrou Barcos livre na área. O camisa 9 bateu forte e Renan segurou firme. E o Pirata ainda teve outras duas oportunidades claras. Primeiro, girou sobre Jackson após passe de Saimon e finalizou novamente para defesa do goleiro do Goiás. E, aos 19, perdeu a melhor chance. Pará avançou e colocou na área. Na linha da pequena área, o camisa 9 desviou errado. Giuliano era saudado a cada toque na bola. Tentou chutes de longa distância, dribles e até pedalou.

O Goiás por alguns momentos até pareceu ter se inspirado na Copa do Mundo. Amaral recuou entre os zagueiros, formando uma linha de cinco jogadores na defesa. A proposta era esperar um contra-ataque. Em erro de Rhodolfo na saída de bola, o Esmeraldino tentou dois cruzamentos. Até Tiago Real ficar com a bola pela esquerda e ajeitar para Lima. Marcelo Grohe voou e espalmou o chute do lateral-esquerdo. Antes do apito final do primeiro tempo, Renan ainda faria mais uma grande defesa, em chute colocado de Luan da meia direita.

BARCOS RECEBE VAIA E BEIJA ESCUDO

No retorno do intervalo, Alán Ruiz foi quem mais próximo chegou do gol. Giuliano o deixou na frente de Renan com um belo toque de cabeça. Mas o argentino finalizou fraco. Na sequência, o meia bateu de longe e Renan evitou o gol com um toque sutil. Giuliano, em dado momento, protagonizou lance divertido. Ramon foi driblado pelo gremista e montou em cima do meia, que caminhou uns 10m com o rival nas costas.


    Grêmio e Goiás não conseguem balançar as redes na Arena (Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press)

Na metade do segundo tempo, Barcos deixou o gramado da Arena. Um dos jogadores mais cobrados pela torcida, o jogador saiu vaiado para dar lugar a Lucas Coelho. Depois dos apupos, aplaudiu a torcida e beijou o escudo. Chegou a ser aplaudido também pelos torcedores pelo gesto. Foi Coelho quem mais chegou perto do gol: girou sobre a marcação e bateu da entrada da área, aos 36. A bola encontrou a trave de Renan.

No Goiás, Drubcsky apostou na velocidade de Erick no contra-ataque. O Esmeraldino teve situações em que esteve em vantagem numérica, mas não conseguiu a finalização da jogada como deveria para abrir o placar.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 0 GOIÁS

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 16/07/2014 - 19h30
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Asp Fifa/SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Público-renda: 26.166 (24.449 pagantes) - R$ 813.641,50
Cartões amarelos: Assuério, Valmir Lucas, Ramon, Alex Alves (GOI) Luan (GRE)

Gols: -

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Pedro Geromel e Saimon; Ramiro (Dudu - 10'/2°T), Riveros, Alán Ruiz (Zé Roberto - 30'/2°T), Giuliano e Luan; Barcos (Lucas Coelho - 24'/2°T) - Técnico: Enderson Moreira.

GOIÁS: Renan; Valmir Lucas, Jackson, Pedro Henrique e Lima (Alex Alves - 14'/2°T); Amaral, David, Ramon, Liniker (Erick - Intervalo) e Tiago Real; Assuério (Wellington Júnior - 26'/2°T) - Técnico: Ricardo Drubscky.