icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/12/2013
16:58

O Grêmio está próximo de anunciar o nome que comandará o time na Libertadores de 2014 – seja ele Renato Gaúcho ou outro profissional. O clube gaúcho trabalha e marcou a terça-feira como data máxima para que a confirmação seja feita.

A informação foi confirmada ao LANCE!Net pelo assessor de futebol Marcos Chitolina e deixa claro, assim, que o profissional já foi contatado. Além de Renato Gaúcho, o Grêmio diz não ter aberto negociações com nenhum outro treinador. Profissionais como Enderson Moreira, que se desligou neste sábado do Goiás, Cristóvão Borges, Celso Roth e Gilmar Dal Pozzo são opções.

Uma pessoa próxima ao presidente Fábio Koff chegou a afirmar que Roth está “na frente de Renato” por características de trabalho, principalmente na questão tática. O ídolo gremista, porém, tem relação bastante próxima com Koff – ambos foram campeões mundiais em 83 com o Tricolor.

O maior entrave para uma renovação com Renato seria salarial. O clube quer pagar cerca de R$ 300 mil ao treinador que comandar o clube em 2014. Próximo do salário atual do ídolo. No entanto, a intenção do treinador e de seu empresário é que haja uma valorização salarial, pelo trabalho feito em 2013, com o vice-campeonato. O Tricolor passa por um momento instável financeiro e quer uma nova realidade. Nomes como Dida e Vargas já não fazem parte do elenco por conta dos altos custos. Mesmo caminho podem tomar Elano e Zé Roberto.