icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
11/07/2014
08:09

Desde sua chegada, durante toda a intertemporada do Grêmio, Giuliano treinou entre os titulares do técnico Enderson Moreira. Mas o meia, maior contratação da temporada, pode ficar de fora do reinício do Campeonato Brasileiro, na próxima quarta-feira, contra o Goiás, na Arena. A janela de transferência e o fuso horário são os candidatos a vilões. O mesmo pode acontecer com Matías Rodriguez e Fernandinho, este com menos gravidade.

O período para que os reforços possam ser registrados na CBF se inicia na segunda-feira, às 13h. Na Ucrânia, serão 19h. Ou seja, o Tricolor terá apenas a terça-feira para que o jogador possa ser inscrito e aparecer no Boletim Informativo Diário, o que o deixaria livre para participar do jogo com o Goiás. Em todos os trabalhos táticos, o jogador começou como titular.

A situação é semelhante no caso do lateral-direito Matías Rodriguez. A diferença é que o argentino tem treinado na reserva. Mas o fuso horário da Itália é de cinco horas a mais que o Brasil. A Sampdoria teria tempo semelhante ao Dnipro para oficializar a transferência no sistema da Fifa.

O caso de Fernandinho também é complicado, mas pouco importa. Por conta de suas condições físicas, o atacante não iria poder participar do reinício do Brasileirão de qualquer maneira. Mas em meio ao Ramadã, é provável que o Tricolor também tenha problemas em inscrever o jogador.



Já a situação de Fellipe Bastos é mais simples, por ser uma transferência nacional com o Vasco, que também envolveu o atacante Kleber Gladiador. O Tricolor apresentará Fernandinho na manhã desta sexta, no Estádio Olímpico.