icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/03/2014
10:04

Os gols neste domingo, no Estádio do Vale, devolveram o destaque para o grande público que era reservado ao meia-atacante Jean Deretti no início da temporada. A diretoria do Grêmio, no entanto, já estava trabalhando na permanência do jogador, que está emprestado pelo Figueirense até a metade deste ano.

A intenção é contar com Deretti até o final do ano por empréstimo. E estender, assim, a opção de compra do Tricolor, que se encerra no término do contrato, em junho. Os contatos com o clube catarinense já começaram. A ideia é ter mais tempo para avaliar o jovem e ter condições de reunir recursos e comprar o jogador. Deretti chegou no início de 2013 ao clube, mas passou a maior parte do ano passado no departamento médico, por conta de diversas lesões, principalmente musculares.

- Ficou um ano quase sem jogar, a dedicação do corpo médico fez com que o Deretti recuperasse o grande futebol. Estamos trabalhando para que ele possa ficar mais um tempo conosco, até para nós termos uma amostragem maior. Não é à toa que trouxemos ele, que ele fique até o final do ano, para a amostragem ser mais ampla e a gente buscar recursos para adquirí-lo. Estamos negociando com o Figueirense a prorrogação do empréstimo e da opção de compra - destacou o diretor-executivo Rui Costa.

Jean Deretti iniciou o ano em alta. Foi opção na vitória do Grêmio sobre o Juventude. Entrou e foi dos melhores no jogo. Estava em ascensão. Mas perdeu espaço, principalmente após o surgimento de Luan. Ambos disputavam a posição de Kleber antes do Gre-Nal do Gauchão, no início de fevereiro. Agora, Deretti voltou a ser utilizado e marcou seus primeiros dois gols com a camisa do Grêmio na vitória por 3 a 0 sobre o Pelotas.

Para o jogo com o Newell's Old Boys, nesta quarta-feira, o Tricolor não terá Zé Roberto, com lesão no tornozelo esquerdo. A tendência é que a vaga fique entre Dudu e Alán Ruiz, as duas opções mais recorrentes de Enderson Moreira nas últimas partidas.