icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2013
08:04

A marca é a maior do ano. O Grêmio atingiu, com o empate em 0 a 0 com o Bahia, nesta quarta-feira, quatro partidas sem marcar gols. O último foi aos 7 minutos do clássico Gre-Nal do dia 20 de outubro. Somados os três jogos seguintes, já são 398 minutos sem que o Tricolor coloque a bola nas redes. Tudo isso acontecendo antes de uma decisão que o clube gaúcho precisa marcar no mínimo um gol se quiser se classificar para a final da Copa do Brasil superando o Atlético-PR.

O contraditório é que o Grêmio vem atuando com três atacantes. E não vem marcando. Vargas fez o gol no clássico. Kleber não faz um gol desde o dia 7 de setembro, na vitória sobre a Portuguesa. Barcos não marca desde o dia 16 de outubro, na vitória sobre o Corinthians. Foi o único gol do argentino no segundo turno, além do anotado na vitória sobre o Náutico, dia 11 de setembro. Na Copa do Brasil, não foi às redes. O Pirata perdeu diversas chances diante do Bahia.

- Às vezes sim (ansiedade atrapalha), não é só o Barcos. Qualquer atacante fica ansioso para querer fazer o gol e não tem a tranquilidade necessária. Mas de fora é fácil falar. Importante é que ele (Barcos) criou. O Lomba fez uma grande defesa. A bola não quis entrar. Com esse grupo, estamos ali nas duas competições. Não é nada fácil chegar a um mês das férias, em duas competições, bem nas duas - minimizou Renato Gaúcho.

Para virar o placar na quarta, o Grêmio precisa ou ganhar por 1 a 0 e levar a decisão para os pênaltis - como foi a classificação contra o Corinthians - ou vencer por dois gols de diferença. O elenco gremista sabe que precisa ser mais efetivo, como foi na arrancada do primeiro turno do Brasileiro.

- É o jogo mais importante da temporada, temos que vencer. É se concentrar, pensar e vencer na quarta. Pecamos na finalização, tínhamos que ter feito os gols. Não podemos errar os gols que perdemos hoje na quarta-feira, não podemos dar esse mole - sentenciou Kleber Gladiador.

O Tricolor se reapresenta na tarde desta segunda-feira, no Estádio Olímpico. O time que entra em campo na quarta deve ser o mesmo deste domingo, mais o acréscimo do lateral Pará na vaga de Moisés.

Grêmio empata com Bahia e continua na luta pelo G4