icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
11/06/2014
08:17

O Grêmio está no mercado. Em negociações para contratar o meia Giuliano, o clube gaúcho poderá fechar o quarto meio-campista da temporada, três deles ofensivos. Diferente dos outros contratados, porém, o foco é no longo prazo.

O Tricolor gaúcho até o momento contratou sete novos jogadores na temporada: o zagueiro Pedro Geromel, os laterais Matías Rodríguez e Marquinhos Pedroso, o volante Edinho, os meias Alán Ruiz e Rodriguinho e o atacante Dudu. Giuliano seria o sétimo jogador. E chegaria em um modelo totalmente diferente dos antecessores.

A negociação pelo ex-jogador do Internacional com o Dnipro é de compra, com assinatura de contrato longo com o jovem de 24 anos. Até o momento, os três jogadores que podem atuar no setor, Alán Ruiz, Rodriguinho e Dudu chegaram por empréstimo no clube, por conta da ausência de recursos para investimento.

O restante da lista também chegou com fim marcado, embora a ideia seja conseguir mantê-los por mais tempo. Matías Rodríguez, apresentado ao final da primeira parte do Brasileiro, fica até o meio do ano que vem. Alán Ruiz e Rodriguinho ficam até o final do ano, assim como Dudu. Edinho estava liberado quando foi contratado, e Geromel conseguiu sua liberação pela proximidade com o fim do vínculo.

Da lista de reforços até o momento, os dirigentes gremistas buscaram três jogadores para o meio (Edinho, Ruiz e Rodriguinho), um para o ataque (Dudu) e três para a defesa (Rodríguez, Geromel e Marquinhos).

A negociação pelo meia Giuliano está em andamento. O diretor-executivo Rui Costa admitiu que o Tricolor se aproximou do Dnipro nos últimos dias. Mas afirma que o negócio é complexo e caro. No entanto, com as "portas abertas" para negociar, o otimismo é que haja acerto. O contrato do jovem se encerra no meio do ano que vem com os ucranianos.