icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
09:04

O bom ano do Grêmio pode ser coroado com o título da Copa do Brasil. Mas também pode acabar com uma eliminação na semifinal da competição e com uma queda no Brasileiro. Para não deixar isso acontecer, o grupo está alerta e quer quebrar a série de quatro jogos sem vencere para poder subir novamente na tabela. É a justificativa para afirmar que o foco não está no Atlético-PR e na decisão da próxima quarta-feira, na Arena.

Hoje, o Tricolor inicia a rodada em terceiro lugar, com 53 pontos. Mas está apenas um a frente do Furacão. E vê Goiás se aproximando do G4 de maneira perigoso. Por outro lado, vencendo o Bahia, pode voltar à vice-liderança do Brasileirão, o que leva à uma vaga direta na Libertadores em 2014.

- Se começar a dar mole, vamos sair do G4. Se tiver uma vitória amanhã, podemos voltar à vice-liderança. O Botafogo tem um jogo difícil e não sei se vai vencer. É difícil, jogo da vida na quarta, a gente tem que separar e tentar fazer um bom jogo para chegar cada vez mais perto no ano que vem - disse Kleber Gladiador.

A sequência é das piores do ano: são quatro partidas sem vencer, entre Brasileiro e Copa do Brasil. O que tem tudo para ser rompido neste domingo, já que o Grêmio estará completo - Pará é o único desfalque, suspenso - e na frente do seu torcedor.

- Essa reta final, nos dois campeonatos, são decisões. A gente quer defender nossa vaga na Libertadores no Brasileiro e chegar na Copa do Brasil. Não queremos jogar fora tudo o que fizemos no ano - acrescentou Alex Telles.

Apesar do sinal amarelo ligado com a aproximação de Goiás e também do Vitória, o Grêmio não tem chances de deixar o G4 da competição. O Goiás, quinto, só pode chegar aos 52 pontos, um a menos que os tricolores, isto se vencer o vice-líder Botafogo.