icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/12/2013
15:26

Um novo momento. Um dos desafios mais fortes do técnico Enderson Moreira será fazer Kleber Gladiador e Barcos se "reencontrarem" e brilharem outra vez. O Grêmio aposta na dupla de ataque como um dos trunfos para 2014 e não procura atacante. Mas não descarta uma contratação para a próxima temporada.

A ideia é valorizar Kleber e Barcos, os titulares, além dos meninos da base, que ficarão como opção. A chegada de um novo profissional - mas, principalmente, um novo conceito, já que Renato Gaúcho priorizou as ações defensivas em sua segunda passagem pelo clube gaúcho - é vista como essencial para um melhor rendimento dos atacantes. Em 2013, o período de jejum de ambos foi longo. Barcos ficou nove jogos sem marcar no final do Brasileirão, enquanto Kleber passou o segundo turno sem fazer gol.

- O Grêmio tem dois grandes atacantes e jovens de muita qualidade. Temos conversado muito com o Enderson e ficou muito claro que ele vai dar chance para todos. Quem tiver melhor, vai jogar. O Grêmio tem dois jogadores titulares que qualquer clube gostaria de ter. Confiamos muito no Barcos e no Kleber. É um novo ano, uma nova metodologia e uma nova comissão técnica. Será um novo momento e esperamos que eles possam reencontrar com o que eles sabem fazer - explicou o diretor-executivo Rui Costa.

Com a perda de Vargas, porém, o Tricolor pode buscar um jogador de velocidade, para cumprir tal lacuna. Das opções no elenco, conta apenas com Paulinho com características semelhantes. O garoto de 19 anos é visto como um dos bons nomes da base. Luan, que disputou o Brasileiro sub-20 e vai ganhar chances no profissional, também tem tais características. Os outros dois, Yuri Mamute e Lucas Coelho, cumprem funções mais de área.

- Em um primeiro momento, estamos satisfeitos. Claro, se aparecer um negócio que seja bastante oportuno para o Grêmio, dentro da questão orçamentária, que é importante para nós, e que agregue qualidade, é nossa obrigação estarmos atentos. Mas temos muita confiança que os jogadores do Grêmio vão conseguir dar uma resposta melhor em 2014 - completou o dirigente.