icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
17:42

 A tarde desta sexta-feira, feriado para grande parte da população, foi de trabalho no Estádio Olímpico. O elenco do Grêmio fez mais um treinamento no local e Renato Gaúcho não indicou o time que entra em campo contra o Flamengo, no domingo, na Arena. A atividade foi apenas de finalizações a partir de cruzamentos, após as vaias na vitória sobre a Vasco. A notícia ruim foi o atacante Kleber Gladiador, que deixou o treino mais cedo, com dores na coxa direita.

O treinamento iniciou com o grupo dividido. Zagueiros e o volante Riveros ficaram em uma das goleiras, fazendo trabalhos específicos. No outro lado, a maior parte do elenco fazia trabalhos de finalização. Os volantes Souza ou Ramiro dominavam a bola em balão de Dida e acionavam ora laterais, ora meias ou atacantes, que ajeitavam para os laterais. Quatro atletas entravam na área para finalizar o cruzamento.

A situação coincide com o aproveitamento ruim de cruzamentos na partida contra o Vasco. Durante o jogo, Alex Telles foi vaiado pelos gremistas em cobranças de escanteio equivocadas.

Mais para o final da atividade, o atacante Kleber deixou o campo. Cabisbaixo, rumou para o vestiário acompanhado do auxiliar Victor Hugo Signorelli. Colocou a mão na coxa direita, na altura da virilha. O camisa 30 pode ser problema para o técnico Renato Gaúcho, pela proximidade com a partida. O médico Márcio Bolzoni, porém, afirmou que o quadro não preocupa e que as dores ocorreram por conta de uma batida no último jogo. O treinador, se mantiver o esquema com dois atacantes, tem como opções Paulinho, Yuri Mamute e Lucas Coelho. Vargas está com a seleção chilena e desfalca o Tricolor.