icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/12/2013
09:56

Os ativistas do Greenpeace voltaram a usar algum evento da Liga dos Campeões para protestar contra a Gazprom, patrocinadora do torneio. Durante a entrevista coletiva do Real Madrid nesta segunda-feira, que teve o técnico Carlo Ancelotti e o zagueiro Pepe, um cartaz entre eles e o painel publicitário atrás, foi aberto pedindo para "salvar o Ártico e mostrar o cartão vermelho à petrolífera". Ficou visível durante cerca de um minuto para 15 câmeras e 50 jornalistas.

A Gazprom é uma das maiores empresas de gás e petróleo do mundo, e seu projeto de perfurar o Ártico tem sofrido bastante resistência de ativistas pelo mundo. Logo depois da entrevista coletiva, começou uma verdadeira caça da Uefa ao responsável, e segundo o "AS", um jornalista chegou a ser acusado de estar infiltrado. Mas logo viram que não era o caso e pediram desculpas.

Não é a primeira vez que o Greenpeace protesta contra a Gazprom utilizando a Liga dos Campeões. Em partida do Schalke 04 contra o Basel pelo Grupo E, na Suíça, a organização mostrou um bandeirão contra a empresa durante o jogo, que precisou ser interrompido.

O Real Madrid está em Copenhague para enfrentar o time local pela Liga dos Campeões. Os merengues já estão classificados para a próxima fase da competição.