icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
16/12/2013
09:42

A Libertadores e o Grêmio podem mudar os planos. Serão, em tese, seis jogos com o time B no Campeonato Gaúcho de 2014: São José, Lajeadense, Aimoré, Brasil de Pelotas, Juventude e Veranópolis. Seguindo esta lógica, passada pelos dirigentes gremistas, o Tricolor estrearia no Gre-Nal do dia 9 de fevereiro, na Arena. Por conta do clássico, essa situação pode mudar.

A ideia é que a equipe titular tenha duas partidas antes da estreia da Libertadores. No entanto, este planejamento pode ser modificado, principalmente quando a data da estreia na Libertadores, contra o Oriente Petrolero ou Nacional, for confirmada. Se o jogo acontecer no dia 12 de fevereiro, o time titular deve entrar em campo antes da equipe B completar o período previsto.

Pelo peso de jogar um clássico, a ideia é não estrear os titulares na partida. Por isso, o período de seis jogos pode ser reduzido para cinco. Em contrapartida, o time B pode ganhar jogos no futuro da competição, para poupar os titulares, em uma mescla entre o elenco principal e este time alternativo.

O planejamento sobre a divisão da equipe não é novo. Mas nesta temporada foi forçado pela viagem ao Equador, por conta da disputa da Pré-Libertadores. O elenco principal viajou 10 dias antes do jogo com a LDU, para se aclimatar, e o sub-20 entrou em campo. Por conta da Libertadores, foram sete jogos com os garotos. Com Luxemburgo alternando alguns compromissos com os titulares, para dar ritmo de jogo.