icons.title signature.placeholder TENIS NEWS
09/02/2015
21:33

O uruguaio Pablo Cuevas, 32º do ranking da ATP, sofreu, mas cumpriu a meta de abrir bem a temporada sul-americana sobre o saibro ao vencer o tcheco Jiri Vesely, na estreia do Brasil Open. Cuevas aguarda por rival argentino.

O urguaio precisou de 2h06 de partida para fechar o placar em 6/4 3/6 7/5 tendo convertido 15 aces contra seis do rival, que venceu 6% dos pontos com primeiro serviço contra 87% de Cuevas, que iniciou a partida bem, conquistando uma quebra de saque no terceiro game da primeira etapa e administrando bem a vantagem com seu jogo variado.

Na segunda parcial, o jogo ficou mais difícil para Cuevas, que viu Vesely arriscar mais, buscar as paralelas e pressionar. A tática deu certo e no oitavo game do set, o urguaio saiu de um 40-0 favorável para ter o serviço quebrado e ver o rival sacar para o set.

Na terceira etapa, o uruguaio, que não gostou de ouvir dos jornalistas que a partida ante a Vesely lhe era fácil, foi quebrado no nono game, mas acreditou e buscou a quebra de igualdade no décimo game e pressionou, variou conquistando a quebra crucial para fechar a partida.

Em entrevista na saída de quadra Cuevas fez sua análise da vitória, jpa que viu o rival sacar para a partida com 5/4 no terceiro set.  "Comecei bem, jogando bem. depois o jogo se complicou, mas eu sempre senti que podia bater melhor na bola, então, um pouco por esta convicção, segui lutando e consegui dar a volta por cima e ficar com o jogo".


"A verdade é que eu gosto de ganhar mais fácil, mas hoje foi assim: difícil, mas estou sempre confiante de que posso dar a volta por cima e consegui no final. Eu sabia que tinha que ganhar o jogo, não por ser um rival fácil, mas me coloquei uns objetivos nesta gira e de maneira que precisava começar bem. Hoje me custou mais do que eu pensava", revelou o uruguaio.

Na próxima rodada, Cuevas enfrenta o vencedor do duelo de argentinos entre os amigos Federico Delbonis e Facundo Bagnis e analisou a possibilidade de rivais: "São dois canhotos. Um tem um jogo mais agressivo que o outro, mas quem vier será um jogo difícil".