icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
21/08/2015
23:28

Grafite segue dando grande contribuição ao time do Santa Cruz. Nesta sexta, o atacante marcou, de bico, e deu a vitória ao Tricolor frente ao Macaé, por 1 a 0, no Arruda, pela 20ª rodada da Série B. Em quatro partidas, o camisa 9 marcou três vezes e vem se firmando como grande nome do Cobra Coral na competição. Derrota impõe ao time do Norte Fluminense oitava partida sem vitórias na Segundona.

O triunfo levou o time de Grafite aos 31 pontos - a dois do Bahia, quarto colocado. Agora, o Cobra Coral está na sétima colocação, provisoriamente. A derrota deixou o Macaé na 13ª colocação, com 24 pontos, mas a equipe ainda pode ser ultrapassada por Paraná, Atlético-GO e Boa Esporte e ficar às margens da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Santinha encara o Paraná, fora, enquanto o Azulino pega o Sampaio Corrêa. 

Atuando diante de 10 mil torcedores, o Santa Cruz teve boas chances de marcar na primeira etapa, mas também correu riscos. Após sobra da zaga do Tricolor, Jones finalizou na trave e quase deixou o Macaé em superioridade no marcador. Aos 46, quando o primeiro tempo parecia não oferecer mais emoções, Anderson Aquino soltou a bomba, e a bola explodiu na trave. No entanto, as equipes foram aos vestiários igualadas no placar.

Na segunda etapa, o Santa foi para cima e deu trabalho à defesa do time azulino. Logo aos oito, Anderson Aquino deu mostras de como seria a tônica do período. Após rebote, o atacante mandou para as redes, mas estava em posição de impedimento, que foi bem marcada pela arbitragem. Após o tento anulado, Anderson seguiu incomodando. Após tiro cruzado, Aquino desviou e acertou a trave pela segunda vez no confronto. 

A pressão surtiu efeito aos 13. Após passe de Luisinho, Grafite protegeu e bateu, de bico, para o fundo das redes macaenses no Arruda. Juninho bateu de fora, obrigando o goleiro Tiago Cardoso fazer uma bela defesa, no canto direito. No entanto, o bombardeio tricolor seguiu. Lelê centrou para Grafite, que cabeceou fraco. Logo após, aos 26, Luisinho soltou o tiro cruzado, mas o arqueiro do Macaé fez a intervenção. Aos 38, Aloísio teve a chance de empatar. Após sobra da defesa, o atacante ajeitou o corpo, soltou o chute cruzado, mas a bola passou rente à trave esquerda de Thiago. Aos 41, Anselmo disparou e bateu na trave. 


Grafite segue dando grande contribuição ao time do Santa Cruz. Nesta sexta, o atacante marcou, de bico, e deu a vitória ao Tricolor frente ao Macaé, por 1 a 0, no Arruda, pela 20ª rodada da Série B. Em quatro partidas, o camisa 9 marcou três vezes e vem se firmando como grande nome do Cobra Coral na competição. Derrota impõe ao time do Norte Fluminense oitava partida sem vitórias na Segundona.

O triunfo levou o time de Grafite aos 31 pontos - a dois do Bahia, quarto colocado. Agora, o Cobra Coral está na sétima colocação, provisoriamente. A derrota deixou o Macaé na 13ª colocação, com 24 pontos, mas a equipe ainda pode ser ultrapassada por Paraná, Atlético-GO e Boa Esporte e ficar às margens da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Santinha encara o Paraná, fora, enquanto o Azulino pega o Sampaio Corrêa. 

Atuando diante de 10 mil torcedores, o Santa Cruz teve boas chances de marcar na primeira etapa, mas também correu riscos. Após sobra da zaga do Tricolor, Jones finalizou na trave e quase deixou o Macaé em superioridade no marcador. Aos 46, quando o primeiro tempo parecia não oferecer mais emoções, Anderson Aquino soltou a bomba, e a bola explodiu na trave. No entanto, as equipes foram aos vestiários igualadas no placar.

Na segunda etapa, o Santa foi para cima e deu trabalho à defesa do time azulino. Logo aos oito, Anderson Aquino deu mostras de como seria a tônica do período. Após rebote, o atacante mandou para as redes, mas estava em posição de impedimento, que foi bem marcada pela arbitragem. Após o tento anulado, Anderson seguiu incomodando. Após tiro cruzado, Aquino desviou e acertou a trave pela segunda vez no confronto. 

A pressão surtiu efeito aos 13. Após passe de Luisinho, Grafite protegeu e bateu, de bico, para o fundo das redes macaenses no Arruda. Juninho bateu de fora, obrigando o goleiro Tiago Cardoso fazer uma bela defesa, no canto direito. No entanto, o bombardeio tricolor seguiu. Lelê centrou para Grafite, que cabeceou fraco. Logo após, aos 26, Luisinho soltou o tiro cruzado, mas o arqueiro do Macaé fez a intervenção. Aos 38, Aloísio teve a chance de empatar. Após sobra da defesa, o atacante ajeitou o corpo, soltou o chute cruzado, mas a bola passou rente à trave esquerda de Thiago. Aos 41, Anselmo disparou e bateu na trave.