icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/04/2014
10:54

O Ministério do Interior da Espanha contabiliza oito casos de natureza racista, xenófoba ou intolerante nos estádios de futebol do país durante a atual temporada. Um total de 23 pessoas foram punidas com multas entre três mil (R$ 9 mil) e quatro mil euros (R$ 12 mil), e proibições da entrada dos mesmos em recintos esportivos.

No último domingo o lateral-direito brasileiro Daniel Alves foi vítima de uma agressão racista durante a vitória por 3 a 2 do Barcelona sobre o Villarreal. Uma banana foi atirada contra o jogador. O Submarino Amarelo identificou o torcedor e o proibiu de entrar no Estádio El Madrigal pelo resto da vida.

Outro caso relevante citado pelo Ministério do Interior ocorreu no Estádio Mestalla, em Valência. A torcida do Valencia exibiu um cartaz com simbologia nazista durante uma partida disputada em 4 de maio do ano passado.

Daniel Alves responde inusitadamente a insulto racista