icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
24/08/2015
14:10

O meia-atacante Ricardo Goulart exigiu nesta segunda-feira que o Guangzhou Evergrande (CHN) tenha atenção redobrada para o duelo com o Kashiwa Reysol (JAP), pelas quartas de final Liga dos Campeões da Ásia. O atleta pediu atenção no jogo desta terça-feira, às 9h (de Brasília):

- Somos o único time da China na Liga, sabemos da importância em representar o país, e vamos em busca dessa vaga para a semifinal. Por ser um jogo fora de casa, sabemos das dificuldades que vamos ter. Mas é fazer o nosso jogo e conseguir uma boa vantagem para a volta.

Ricardo Goulart destacou que a competição é extremamente valorizada em território chinês. E apontou a preparação como um trunfo para o Guangzhou Evergrande:

- Eles dão muito valor e querem muito ganhar. Temos feito uma bela campanha, mas vai ficando cada vez mais difícil. Nos preparamos bem, e já estávamos com vontade de voltar a jogar a Liga.

Após o duelo em território japonês, a equipe de Luiz Felipe Scolari atuará no jogo de volta em 15 de setembro.


O meia-atacante Ricardo Goulart exigiu nesta segunda-feira que o Guangzhou Evergrande (CHN) tenha atenção redobrada para o duelo com o Kashiwa Reysol (JAP), pelas quartas de final Liga dos Campeões da Ásia. O atleta pediu atenção no jogo desta terça-feira, às 9h (de Brasília):

- Somos o único time da China na Liga, sabemos da importância em representar o país, e vamos em busca dessa vaga para a semifinal. Por ser um jogo fora de casa, sabemos das dificuldades que vamos ter. Mas é fazer o nosso jogo e conseguir uma boa vantagem para a volta.

Ricardo Goulart destacou que a competição é extremamente valorizada em território chinês. E apontou a preparação como um trunfo para o Guangzhou Evergrande:

- Eles dão muito valor e querem muito ganhar. Temos feito uma bela campanha, mas vai ficando cada vez mais difícil. Nos preparamos bem, e já estávamos com vontade de voltar a jogar a Liga.

Após o duelo em território japonês, a equipe de Luiz Felipe Scolari atuará no jogo de volta em 15 de setembro.