icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/12/2013
18:42

O Vitória faz no domingo um dos jogos mais difíceis e importantes do ano: enfrenta o Atlético-MG em Belo Horizonte em busca de uma vaga na Libertadores 2014. A preocupação com a partida só aumentou após o anúncio que Ronaldinho Gaúcho voltaria a atuar pelo Galo, depois de se machucar em treino e ficar pouco mais de dois meses sem jogar. O goleiro rubro-negro Wilson lembra que R10 não é o único jogador do Galo que pode dificultar a vida do Vitória:

– Ronaldinho Gaúcho é um grande jogador. Na verdade, a equipe toda dispensa comentários. Mesmo sem ele, o Atlético-MG fez um grande campeonato, dando o melhor a cada jogo, com jogadores desequilibrando. Tem o Fernandinho, o Tardelli... E um banco de muita qualidade. Mas a gente vai lá para ganhar. Sabemos das dificuldades, mas queremos a vitória.

A torcida mineira pretende lotar a Arena Independência, já que esse é o último jogo do Atlético-MG antes do time embarcar para o Marrocos, onde disputa o Mundial de Clubes. Além da dureza que é vencer o Atlético-MG em Belo Horizonte, os baianos ainda tem que torcer pra Goiás e Botafogo perderem, e a Ponte Preta não conquistar a Sul-Americana.

– É O último jogo. Não tem para onde correr. É a grande decisão. O jogo das nossas vidas. Será um jogo difícil. O time deles dispensa comentários, vai fazer de tudo para conseguir a vitória, até porque é a despedida, o estádio vai estar lotado. Mas vamos para lá brigar de igual para igual. Conquistar a vitória e esperar a final da Sul-Americana. Independente disso, tem que ressaltar a grande campanha que fizemos e parabenizar o nosso grupo – finalizou Wilson.