icons.title signature.placeholder Lucas Bachião Silveira - Craque do Futuro
15/11/2013
16:16

O goleiro Juliano, não faz mais parte dos planos do Guarani para a disputa da Série A2 do Paulista de 2014. A diretoria do alviverde decidiu emprestar o camisa 1 ao Paulista de Jundiaí. O contrato com o Galo da Japi termina no fim do estadual do ano que vem. O jogador tem vínculo com o Bugre até o fim de maio de 2015.

Após falhar na reta final da Série C, o ex-camisa  1 bugrino, perdeu a confiança e foi alvo de críticas dos torcedores. Antes do duelo decisivo contra o Vila Nova (GO), o atleta acabou sendo barrado pelo ex-técnico Tarcísio Pugliese, e sequer viajou com o restante da delegação para Goiânia.  Juliano, chega ao Paulista de Jundiaí, através da indicação do técnico Giba.

Aos 24 anos de idade, e revelado nas categorias de base do alviverde campineiro, Juliano acumula passagens por clubes como Votoraty, em 2009, e CRB (AL), em 2011. Titular em 16 partidas na Série C deste ano, o arqueiro sofreu 11 gols e quebrou um recorde histórico de 810 minutos sem levar gols. A antiga marca pertencia ao goleiro Neneca, que ficou 777 minutos sem ser vazado. O fato aconteceu em 1978, quando o time campineiro foi campeão nacional daquele ano.

Em entrevista ao LANCE!Net, o coordenador de futebol do clube, Luiz Simplício, disse que o goleiro precisava mudar de ares.

- Nós entendemos, que o melhor momento para o Juliano, e para o Guarani, é que ele fosse emprestado.  Desejo toda sorte ao Juliano em seu novo clube – finalizou o dirigente.