icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/04/2014
16:00

Desde que Falcão anunciou que não defenderia mais a Seleção Brasileira de Futsal, fazendo críticas duras à confederação do esporte, alguns atletas também se manifestaram em suas redes sociais. Após o ex-capitão Vinicius e Vanessa reclamarem da entidade, foi a vez do goleiro do Brasil Kirin, Tiago, colocar a "cara para bater" e enfatizar que não defenderá a Seleção enquanto a CBFS estiver com essa admnistração.

O arqueiro, citado por Falcão em seu texto de "despedida", já havia falado para o LANCE!Net que não era convocado desde que cobrou a comissão técnica pela a ausência de um preparador de goleiros em uma competição, no ano passado. Na ocasião, só havia viajado um auxiliar junto com o time. Tiago explicou então que por se tratar de uma Seleção Brasileira era preciso o melhor profissional. Apesar de enfatizar a qualidade e a competência do auxiliar, Tiago disse que era imprescindível a presença de um preparador.

Tiago já foi eleito o melhor goleiro pela Fifa e é bicampeão do mundo.

Na última segunda-feira, o jogador desabafou em seu Facebook, lembrou dos bons anos de Seleção, mas enfatizou que não sente alegria em defender mais a Seleção diante da situação que se encontra a administração da entidade.

Confira o texto na íntegra: