icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/03/2014
18:35

Se apenas a partida de volta definisse a classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões, o Borussia Dortmund não mereceria ficar com a vaga. Nesta quarta-feira, a equipe alemã jogou muito mal e foi derrotada pelo Zenit por 2 a 1, no Westfalenstadion. O atacante Hulk marcou um golaço. A sorte dos aurinegros foi garantir um triunfo por 4 a 2, em São Petersburgo.

Hulk quebrou o marasmo do Westfalenstadion com um tiro de longa distância. A bola veio como um míssil e morreu no canto do goleiro Weidenfeller. O Zenit ainda precisava de mais dois para obter a quase milagrosa classificação. Apesar do esforço, o gol não fez a equipe russa ficar mais agressiva.

O Borussia Dortmund, mesmo incomodado, foi tomando conta da partida até chegar ao empate. A bola foi atirada na área e Kehl completou de cabeça, deixando tudo igual.

Sem velocidade, com Lewandowski apagado e muito mal posicionado, o Borussia Dortmund apresentou um futebol pobre e sem criatividade.

O Zenit se aproveitou do futebol sonolento do rival e fez mais um com o venezuelano Rondón. Era tarde para mudar o placar... Mas os russos caem de pé, enquanto o Dortmund prova que já não tem a força do ano passado.

FICHA TÉCNICA
BORUSSIA DORTMUND 1 X 2 ZENIT

Local: Westfalenstadion, em Dortmund (ALE)
Data e hora: 19 de março de 2014, às 16h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Alberto Undiano Mallenco (Fifa-ESP)
Cartão Amarelo: Lewandowski, Kehl, Jojic (BOR); Lombaerts (ZEN)
Cartão Vermelho: -
Gols: Hulk, 16'/1ºT (0-1); Kehl, 38'/1ºT (1-1); Rondón, 28'/2ºT (1-2)

BORUSSIA DORTMUND: Weidenfeller, Piszczek, Papastathopoulos, Hummels e Schmelzer (Durm, 32'/2ºT); Kehl, Nuri Sahin, Grosskreutz e Mkhitaryan (Jojic, 21'/2ºT); Aubameyang (Hofman, 45'/2ºT) e Lewandowski. Técnico: Jürgen Klopp.

ZENIT: Malafeev, Criscito, Lombaerts (Luis Neto, Intervalo), Hubocan e Anyukov; Shatov, Fayzulin (Smolnikov, 39'/2ºT), Witsel e Danny; Hulk e Kerzhakov (Rondón, 16'/2ºT). Técnico: Luciano Spalletti.