icons.title signature.placeholder Marcio Porto
27/03/2014
17:59

O técnico Muricy Ramalho já havia adiantado e nesta quinta-feira, dia da reapresentação, veio a comprovação. Mesmo após a eliminação contra o modesto Penapolense, nas quartas de final do Paulista, pouca coisa mudou e deve mudar na rotina do clube nos próximos dias. No treino desta tarde, tudo que se viu nos anteriores: golaço de Alexandre Pato, jogadores preteridos treinando à parte e duelo contra garotos da base.

A começar por Pato. Não é mais novidade quando o atacante marca em treino no CT da Barra Funda. O desta quinta foi um golaço. Após receber passe na direita, ele cortou o zagueiro e bateu no ângulo, sem dificuldade. A diferença é que, com o fim do Paulistão, Pato não pode mais ser considerado reserva. Na quarta-feira que vem, contra o CSA-AL, na volta da primeira fase da Copa do Brasil, será igual a todos e deve ser titular. Ao contrário de alguns companheiros.

Como de costume, jogadores encostados por Muricy Ramalho continuam sem espaço. São os casos do lateral-esquerdo Clemente Rodríguez, o zagueiro Roger Carvalho, o volante Fabrício e o meia Cãnete. Os quatro não estavam nem no time reserva no jogo-treino no CT. Só entraram na terceira formação do grupo, treinando separadamente, enquanto os titulares no vexame contra o Penapolense fizeram um trabalho de recuperação. A situação dos atletas é ainda pior quando se leva em conta que Muricy espera por reforços para a sequência da temporada.

Após a eliminação para o Penapolense, o técnico disse que precisa aumentar o plantel, pois o Campeonato Brasileiro exige muito dos jogadores e as equipes acabam perdendo muitos pelo caminho, seja pelo excesso de viagens ou lesões. Neste ponto, o volante Hudson, do Botafogo-SP e Wesley, do Palmeiras, já foram sondados.

Um alento foi a aparição do volante Souza, que se recupera de uma lesão no joelho direito. Pela primeira vez, o jogador fez trabalho com os preparados físicos no campo e com bola. Ele deve estar apto para enfrentar o CSA. No confronto de ida, o Tricolor venceu por 1 a 0, e só precisa de um empate para avançar.