icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/12/2013
11:09

O governo de Goiânia iniciou o projeto para reforma no Autódromo Internacional Ayrton Senna, com objetivo de tornar o local em um dos mais modernos da modalidade. Com isso, aumenta a concorrência para a sede da MotoGP em 2014, já que o circuito de Brasília foi o escolhido para a categoria.

O governo goiano investirá cerca de R$ 30 milhões nas obras, que incluem a troca completa do pavimento, a substituição dos boxes, a remodelação completa da torre de cronometragem e a construção de uma pista de arrancada, além da construção de um parque, com pistas de skate e de patinação.

- Vai mudar tudo. Nós vamos manter o mesmo traçado, mas nós retiramos todo o asfalto existente, estamos colocando um pavimento moderno, feito através de análises que nós fizemos em função da mudança que houve nos carros de competição de 40 anos para cá - disse Jayme Rincón, presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) em entrevista ao Grande Prêmio.