icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/08/2015
14:20

Jogo às 11h neste domingo, com calor de 30ºC em Porto Alegre e com pouco tempo descanso após ter enfrentado o mesmo Coritiba na última quinta, mas pela Copa do Brasil. O cansaço foi elencado pelo meia-atacante Giuliano como um dos vilões para o Grêmio não ter derrotado o Coxa, ampliando para nove o número de jogos sem vencer o rival pela competição.

– A gente sabe que não vai conseguir render fisicamente todos os jogos. É normal. A perna pesa, mas não temos como mudar esse calendário. Agora é descansar para tentar estar bem nas próximas partidas – destacou o camisa 8 tricolor.

– Faltou o gol, o resumo do futebol é o gol. Sofremos alguns contra-ataques, a gente jogou bem. Mas não deu hoje (domingo) – completou.

Já o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira viu um duelo equilibrado na Arena, mas que poderia ser vencido pelo Grêmio:

– Faltou o gol. É aquele jogo que se faz um gol, dificilmente vai tomar. As duas equipes tentaram, era um jogo aberto é equilibro. Mas no Brasileirão é assim, nem sempre vamos vencer.

O Grêmio, terceiro no Brasileirão com 38 pontos, volta a atuar pela competição na próxima quinta, quando visitará o Figueirense, no Orlando Scarpelli.

Jogo às 11h neste domingo, com calor de 30ºC em Porto Alegre e com pouco tempo descanso após ter enfrentado o mesmo Coritiba na última quinta, mas pela Copa do Brasil. O cansaço foi elencado pelo meia-atacante Giuliano como um dos vilões para o Grêmio não ter derrotado o Coxa, ampliando para nove o número de jogos sem vencer o rival pela competição.

– A gente sabe que não vai conseguir render fisicamente todos os jogos. É normal. A perna pesa, mas não temos como mudar esse calendário. Agora é descansar para tentar estar bem nas próximas partidas – destacou o camisa 8 tricolor.

– Faltou o gol, o resumo do futebol é o gol. Sofremos alguns contra-ataques, a gente jogou bem. Mas não deu hoje (domingo) – completou.

Já o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira viu um duelo equilibrado na Arena, mas que poderia ser vencido pelo Grêmio:

– Faltou o gol. É aquele jogo que se faz um gol, dificilmente vai tomar. As duas equipes tentaram, era um jogo aberto é equilibro. Mas no Brasileirão é assim, nem sempre vamos vencer.

O Grêmio, terceiro no Brasileirão com 38 pontos, volta a atuar pela competição na próxima quinta, quando visitará o Figueirense, no Orlando Scarpelli.