icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/06/2014
15:02

Após convincente preparação para a Copa do Mundo, durante a qual marcou três gols e fez uma assistência em três jogos, Olivier Giroud havia declarado na chegada dos Bleus ao Brasil que ficaria "obviamente desapontado" se não fosse titular na estréia da Copa contra Honduras, na noite do último domingo. Entretanto, Antoine Griezmann foi o titular, e o atacante do Arsenal não escondeu seu desapontamento após o jogo, mas sem dar muito valor a isso.

"Sim, foi uma decepção, eu não vou dizer o contrário. Mas o meu pequeno caso não vem antes do grupo. Estou desapontado, mas eu respeito as escolhas do treinador", admitiu o atleta.

Impotente no banco, Giroud admitiu que era estressante ver seus companheiros de equipe jogarem sem poder contribuir, mas que ficou feliz com a vitória por 3 a 0 contra Honduras. No final do segundo tempo, ele teve chance de contribuir, pois O objetivo do grupo é mais importante que a ambição pessoal do jogador.

"Há grande quantidade de energia e o tempo não passa rápido (no banco), mas fiquei muito feliz. Espero que seja o começo de uma bela história", disse o centro-avante.

O próximo compromisso francês é na próxima sexta, às 16h. O duelo, contra a Suíça, será na Arena Fonte Nova, em Salvador.