icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/03/2014
18:08

O resultado da partida entre Guarani-MG e Atlético-MG poderia ser pior para a equipe de Belo Horizonte se não fossem as aparições de Giovanni. No primeiro tempo, o goleiro fez boas defesas e evitou que os atacantes Murilo Franco e Tardelli balançassem a rede. O camisa 1 voltou a ser relacionado para um jogo do Galo depois de quase um mês.

– Graças a Deus, fiz uma boa recuperação da lesão que tive na costela e o professor Paulo (Autuori) optou por me colocar na partida de hoje – declarou.

Em 2014, Giovanni ainda não tinha atuado pela equipe mineira. Ele foi convocado pela última vez no dia 16 de fevereiro, quando o Alvinegro enfrentou o Cruzeiro pela quinta rodada do Campeonato Mineiro.

A última vez que o goleiro entrou em campo pelo Atlético foi em 17 de novembro do ano passado, contra a Portuguesa. Na ocasião, o Galo foi derrotado e o reserva imediato de Victor sofreu dois gols.

Ciente de sua condição de suplente, Giovanni crê que a equipe não teve uma atuação condizente com a qualidade do Alvinegro.

– São reservas, mas são jogadores qualificados para jogar com a camisa do Atlético. Com todo respeito ao adversário, mas não podemos tomar esse tipo de pressão – concluiu.