icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/04/2014
19:16

Após o título mineiro sobre o Atlético-MG, o presidente Gilvan de Pinho Tavares relembrou a trajetória de Marcelo Oliveira no Cruzeiro, a quem ele atribuiu a responsabilidade pela conquista. O mandatário cita o jogo de reinauguração do Mineirão e, como a maioria dos atletas, foca o duelo com o Cerro Porteño (PAR), nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores.

– A torcida, às vezes, se deixa levar por comentários maldosos, mas logo no início da passagem do Marcelo Oliveira pelo Cruzeiro, ele mostrou a que tinha vindo. Jogamos um futebol maravilhoso e envolvemos o rival aqui mesmo no Mineirão – disse o dirigente, que ainda completou:

– Formamos esse grande plantel e ele sabe conduzir a situação. Não é fácil, porque ninguém quer ser reserva. Ele consegue controlar tudo. É isso que está fazendo o sucesso da equipe.

A Libertadores segue como objeto de desejo do cartola. Ao término da partida, ele pediu o apoio dos torcedores e cobrou um ‘placar razoável’ para não depender de um triunfo em Assunção, no Paraguai.

– Evidentemente que teremos casa cheia na quarta-feira e precisamos do apoio da torcida, porque precisamos de um placar razoável no Mineirão para jogarmos com tranquilidade no Paraguai – concluiu.

Cruzeiro comemora título mineiro depois de clássico sem gols