icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
23/12/2013
07:10

Para o ataque, o Palmeiras sonhou com Rafael Sobis, do Fluminense, Alecsandro, do Atlético-MG, mas acordou e negocia por Raúl Ruidíaz, campeão peruano pelo Universitario (PER), e Diogo, da Portuguesa, punida pelo STJD e rebaixada no Brasileirão.

Os dois primeiros ocupam o topo da relação de atacantes pedidos por Gilson Kleina. Porém, os altos salários fora da frágil realidade financeira do Verdão fizeram a diretoria voltar as atenções por opções não tão renomadas. Ruidíaz e Diogo também têm o aval do técnico.

Artilheiro do campeonato (21 gols) que acabou em título para o seu time no Peru, Ruidíaz vem sendo monitorado pelo Verdão. Prova disso é que pessoas do clube ouvidas pelo LANCE!Net até citaram a final disputada diante do Real Garcilaso na semana passada.

Aos 23 anos, ele tem contrato com o Coritiba até julho de 2015 e está emprestado ao Universitario.

– Faz duas semanas e a diretoria do Palmeiras fez uma proposta ao Coritiba pelo empréstimo de Raúl Ruidíaz – declarou ao LANCE!Net o empresário do atleta, David Pezúa.

O agente do jogador passou os últimos dias em Curitiba (PR) para negociar o futuro do seu cliente e voltou a Lima (PER) ontem. O Coxa não pretende facilitar a liberação.

O caso de Diogo é aparentemente mais fácil, porque seu vínculo com a Lusa se encerra neste mês e ele ficará livre para se transferir para outro clube, sem custos.

Pessoas próximas ao atacante de 26 anos afirmam que até o momento o Palmeiras fez apenas consultas pelo jogador, sem proposta formal. Por outro lado, ele tem ofertas de outras agremiações, até de clubes de fora do país.

Cláudio Guadagno, representante de Márcio Araújo, cuja renovação está emperrada, também trabalha com a carreira de Diogo.

O presidente Paulo Nobre já confidenciou a conselheiros que a equipe não será de ponta em 2014. Por outro lado, demonstra muito otimismo na permanência de Leandro.