icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/12/2013
15:50

Foi do próprio presidente Alexandre Kalil que veio a público atraso no salário e no direito de imagens de alguns jogadores do elenco do Atlético-MG. E, líder de vestiário, o pentacampeão Gilberto Silva admitiu o atraso e interpretou a situação como uma prova de que o Galo tenta cumprir com seus compromissos frente à um grupo de pessoas que são unidas e pensamo no bem maior do coletivo.

Durante a festa de Ronaldinho Gaúcho e do próprio Galo, no lançamento de dois DVD's, Giba comentou a situação e lembrou que nada partiria dos atletas, para a mídia, sobre essa situação. Um dos culpados pelo atraso é o bloqueio da Fazenda nos 54 milhões de reais que o Galo tem de receber do Shakhtar por conta da venda de Bernard.

- A partir do momento que o presidente reconhece essa situação, e você ter até agora nada dos atletas falarem sobre essa questão, eu interpreto que o Atlético tem um excelente grupo, onde todos os atletas são homens de caráter e respeito e pensam no grupo. É uma responsabilidade do clube, sabe que há essa responsabilidade conosco.

O Galo pagou os salários para todos seus funcionários, sendo que o 13º já foi depositado no começo desta semana. Sobre a questão, Gilberto destacou que o Alvinegro trata do assunto com a máxima delicadeza.

- Eu falo por mim, todo mundo tem procurado cumprir com tudo, no mais alto profissionalismo e dedicação para que o Atlético esteja nesta condição que está hoje. Mas vamos ver se o presidente ajuda a gente nesta semana para que possamos viajar bem tranquilo.