icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/02/2015
20:44

O primeiro tempo da partida entre Fluminense e Vasco terminou com uma polêmica. Aos 41 minutos, o atacante Gilberto recebeu do meia Marcinho frente a frente com Diego Cavalieri. O camisa 9 vascaíno tentou o drible e caiu após se encontrar com o goleiro tricolor. Questionado sobre o lance, o atacante afirmou que foi tocado e que o árbitro Luiz Antônio Silva Santos errou em não marcar pênalti.

- Foi pênalti. Tirei de lado, não tenho por que me jogar se estou na frente do gol, mas o juiz infelizmente não deu. Só queria mostrar a ele (árbitro) que pegou de verdade e não porque eu me joguei, porque eu não me jogo - afirmou o centroavante Cruz-Maltino.

Também perguntado sobre o lance, o camisa 12 do Fluminense confirmou o toque no atacante adversário, mas afirmou que Gilberto já vinha se jogando e fazendo cena antes de chegar até a bola.

- Às vezes a imagem não tem certos detalhes. Antes de tocar na bola, ele já estava gritando. Houve o toque, mas ele veio premeditado para isso. Antes do toque ele estava gritando - explicou o goleiro.

Curiosamente, o Vasco venceu com um gol de pênalti, convertido pelo zagueiro Luan, no segundo tempo. Com a vitória, o Cruz-Maltino tirou o Tricolor na zona de classificação para as semifinais.