icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese
10/02/2015
11:47

Corinthians e Vagner Love selaram o acordo para a chegada do atacante na última sexta-feira, no Rio de Janeiro. O gerente de futebol Edu Gaspar foi à casa do jogador para uma reunião com ele e seu empresário, Evandro Ferreira. Ao chegar, deparou-se com Love de bermudas, chinelo e sem camisa e brincou.

- Eu tenho uma relação muito boa com o Vagner, já chegamos a jogar juntos. Ele abriu a porta, estava sem camisa. E falei: "Você só está assim pra mostrar que está fininho (risos)". Isso mostrou a confiança dele (risos) - confidenciou o dirigente alvinegro, em Manizales (COL).

Edu e Vagner Love chegaram a atuar juntos pela Seleção Brasileira em 2004, convocados por Carlos Alberto Parreira. A boa relação com o corintiano também pesou na escolha pelo Timão.

[[GAL:LANPGL20150210_0007]]

O atacante de 30 anos atuou por quase dois anos no Shandong Luneng, da China. E sabe que, para retornar ao futebol brasileiro, terá de se adaptar ao ritmo de jogo bem mais intenso que no clube asiático. Nesta segunda-feira, ele realizou exames ortopédicos e cardiológicos no CT Joaquim Grava, enquanto o Corinthians se prepara para o duelo desta quarta diante do Once Caldas, em Manizales, pela primeira fase da Copa Libertadores.

O gerente confirmou que Love chegou sem custos após rescindir com o clube chinês. Ele receberá cerca de R$ 500 mil mensais e assinou contrato por um ano e meio, até julho de 2016. A expectativa é a de que seja apresentado nesta sexta-feira no CT Joaquim Grava por Gaspar.