icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
15/02/2015
13:53

A situação do Avaí no Campeonato Catarinense começa a atingir níveis dramáticos. Apesar de ter conquistado uma vaga na Série A deste ano, o Leão da Ilha não conseguiu apresentar bom futebol em 2015 e, após quatro rodadas do Estadual, soma apenas dois pontos.

O jejum de vitórias da equipe azzurra começa a preocupar o técnico Geninho, que reclamou bastante da atuação do time na última quinta-feira, na derrota de 1 a 0 para a Chapecoense. Surpreso com a atuação abaixo da média, o comandante deu a entender que pode fazer alterações no time.

- Estou surpreso negativamente. Nosso primeiro tempo foi um dos piores que eu vi uma equipe fazer. Eu disse que no vestiário eu estava substituindo dois jogadores, mas poderia estar substituindo oito. É inadmissível aquele primeiro tempo. No segundo tempo foi melhor, mas erramos muito ainda. Foi um jogo muito abaixo do que o Avaí pode e tem que render. Hoje o primeiro tempo foi terrível, a coisa está piorando. Mas aí vem a calma, você começa a analisar e poder tomar decisões sem ser injusto.

Na próxima quinta-feira, o Leão da Ilha recebe o Metropolitano na Ressacada, em partida válida pela quinta rodada do Catarinense. Segundo Geninho, é o momento do Avaí mudar de atitude se quiser chegar à hexagonal final.

- Quatro jogos e dois pontos é altamente preocupante. Passamos por pedras grandes, pelos considerados grandes. Mas não está escrito em nenhum lugar que você vai vencer os pequenos. Temos que ir com calma em termo de decisões, mas não com calma para a situação se modificar, ela tem prazo. É o jogo de quinta-feira - finalizou.