icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/12/2013
09:46

O ex-volante Gattuso, campeão mundial em 2006 pela seleção italiana, teve o nome ligado à manipulação de resultados, através de escutas. A polícia esteve na casa do ex-jogador do Milan. Além dele, o meia Brocchi, da Lazio, também recebeu a visita de autoridades.

De acordo com a Procuradoria de Cremona, os dois são investigados por participação numa rede responsável por fraudar resultados durante a temporada 2010-11.

Segundo o jornal "La Gazzetta dello Sport", a operação prendeu quatro pessoas durante a madrugada desta terça-feira.

Ídolo rossonero, Gattuso iniciou a curta carreira de treinador durante este ano, trabalhando no Sion (SUI) e Palermo (ITA). Em maio, o ex-volante foi demitido do clube siciliano.