icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2014
14:18

Ricardo Gareca diz que ainda não sabe qual time mandará a campo no Dérbi de domingo, contra o Corinthians, no estádio do rival, mas já definiu o que vai exigir de seus jogadores: protagonismo, mesmo que a maior parte do público esteja jogando contra.

- Penso que o Palmeiras tem de ser protagonista, mesmo no estádio do Corinthians - avisou o treinador argentino.

Questionado sobre como vencer um clássico, o treinador pediu concentração, mas não deu detalhes, alegando "não ter bola de cristal". Ao analisar a tabela, o Alvinegro está melhor: é o vice-líder, com 20 pontos, a cinco do Cruzeiro, enquanto o Alviverde está na 13ª posição, com 13. Isto, contudo, não dá ao dono da Arena Corinthians o favoritismo para a partida da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, de acordo com o argentino.

- Não penso que um time é melhor que outro. Não permito que o Palmeiras pense que é melhor que outro time. Temos que brigar pelo resultado. Não gosto de pensar o que vai acontecer. Tem que ter mentalidade ganhadora para estar em um time grande, seja local ou visitante. Vai ser um jogo intenso, difícil, emocionante. Às vezes, a expectativa é grande e não acontece nada no jogo. Oxalá que seja bom, e bom para nós - acrescentou.

Depois de vencer o Avaí, na Ressacada, em seu primeiro triunfo pelo Verdão, Gareca já havia dito que o time chegaria pronto para o Dérbi, um clássico do qual ele sabe a importância. Vivendo o clima que antecede o histórico confronto, El Flaco colocou este Corinthians x Palmeiras como um dos principais momentos de sua carreira.

- Vai ser algo muito importante para mim, na minha carreira como treinador. Estou vivendo algo muito bom. Dou um valor a isso, estou conseguindo coisas importantes na carreira. Viver esse clássico como treinador é uma das coisas mais importantes da minha carreira, vou viver dessa maneira - completou.