icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/02/2015
17:20

O elenco do São Paulo se reapresentou nesta segunda-feira no CT da Barra Funda com uma boa e uma má notícia para os torcedores. O meia Paulo Henrique Ganso voltou a treinar com o grupo e não deve ser problema para Muricy Ramalho escalar o time que enfrenta o Capivariano nesta quarta-feira. Por outro lado, o volante Souza mais uma vez ficou no Reffis e não deve jogar no Pacaembu.

Ganso havia participado de todos os treinos na última semana até sentir desgaste muscular e ser direcionado para o Reffis na sexta-feira. Lá, ele encontrou Souza, que parecia recuperado de forte pancada na canela direita na quinta-feira, mas voltou a ficar sob os cuidados dos médicos. A lesão foi causada por uma pancada há mais de uma semana, no amistoso com o Flamengo, em Manaus, e não preocupava a princípio.

Liberado pelos médicos, Ganso pôde participar normalmente de mini-coletivo no campo normalmente utilizado pelos goleiros no CT. O camisa 10 apresentou boa movimentação e deve ficar à disposição de Muricy na quarta-feira. Quem também disputou a atividade foi o atacante Ademilson, que ficou uma semana longe dos treinos por ter pegado caxumba.

O zagueiro Rodrigo Caio, que sofreu grave lesão no joelho esquerdo há exatos seis meses, fez os trabalhos de aquecimento e físicos com os companheiros, mas depois seguiu programação sozinho com o preparador Sérgio Rocha. Nesta terça-feira ele será submetido a exame isocinético para saber se já pode treinar com bola. Já os titulares da vitória por 3 a 1 sobre o Penapolense, exceção feita a Rogério Ceni, Alan Kardec e Carlinhos (lesionado), ficaram na piscina.