icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
26/06/2014
18:00

Paulo Henrique Ganso, há quatro anos, era apontado como o dono da camisa 10 da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014. O meia do São Paulo, no entanto, teve de se contentar a assistir aos jogos do Mundial como torcedor durante os intervalos de descanso dos treinos do clube em Orlando (EUA).

- Cabeça está tranquila, vejo sossegado, torcendo pelo Brasil e fazendo de tudo para estar em uma próxima. Estamos acompanhando para ver um futebol de qualidade. Ver taticamente como as equipes se postam. Isso chama a atenção. Vamos olhando, aprendendo o que podemos trazer para nós - destacou.

Além da torcida pelo Brasil, Ganso tem sofrido junto com o amigo e ex-companheiro Neymar. Os dois brilharam com a camisa do Santos entre 2010 e 2012 com três títulos do Campeonato Paulista, um da Copa do Brasil e um da Copa Libertadores da América. Agora, O camisa 10 tricolor espera ver o "irmão" brilhar na Copa e superar até mesmo o astro argentino Lionel Messi.

- É difícil saber quem levará a melhor, pois os dois são gênios. Tanto que na artilharia eles estão empatados. Mas espero que o Neymar possa se sair melhor - projetou.

Com o fim da fase de grupos do Mundial, Brasil e Argentina garantiram o primeiro lugar em suas chaves e agora se preparam para enfrentar Chile e Suíça, respectivamente, nas oitavas de final. Pelo time canarinho, Neymar é o artilheiro com quatro gols, mesmo número marcado por Messi na equipe de Alejandro Sabella.