icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2014
09:49

Apontado como camisa 10 da Seleção para a Copa do Mundo no Brasil desde 2010, quando encantou o país pelo Santos, Paulo Henrique Ganso acabou muito distante de disputar o Mundial, mas ainda mantém esperanças de voltar a vestir a Amarelinha.

Para o camisa 10 do Tricolor, isso vai depender de sua participação decisiva numa possível conquista do Campeonato Brasileiro, principal objetivo do time no segundo semestre.

- Fiz um excelente primeiro semestre, preciso melhorar ainda mais no segundo. Tenho que levar o São Paulo ao título brasileiro e fazer jogos importantes e ser decisivo - afirmou o meia.

- Vou trabalhar para levar o São Paulo para a ponta. Estando bem aqui, quem sabe não posso ter mais uma chance - completou.

Ganso se esquivou quando perguntado se uma possível ida de Muricy para a Seleção poderia ajudá-lo a voltar ser convocado.

- O mais importante é mostrar meu futebol no Brasileiro, na Copa do Brasil e em todos os jogos. Mesmo aqui fiquei no banco quando não joguei bem. Preciso mostrar sempre meu futebol, senão não vou a lugar nenhum - analisou.

Na Seleção tanto de Mano Menezes como depois de Felipão, Ganso perdeu espaço para Oscar e depois nunca mais recuperou o lugar. Até no São Paulo ele foi reserva, inclusive este ano.