icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese e Leo Burlá
17/06/2014
08:00

O mundo, hoje, certamente conhece Thomas Müller. Artilheiro da Copa de 2010 na África do Sul, com cinco gols, três gols no primeiro jogo da Copa de 2014, na goleada da Alemanha por 4 a 0 sobre Portugal, a artilharia momentânea da edição atual e a perspectiva de ser um dos maiores da história, por ainda ter 24 anos e mais Mundiais pela frente.

O recorde de Ronaldo, que fez 15 gols e hoje é perseguido por Klose, com 14, já não parece coisa de outro mundo. Hoje, todos sabem que Müller tem lenha a queimar para ser o cara no futuro, quem sabe em 2018, 2022...

Antes de sua primeira Copa, porém, quem era Müller? Meses antes, Alemanha e Argentina se enfrentariam em um amistoso em Munique (ALE) e uma coletiva de imprensa estava armada. No lugar de Joachim Löw, a Federação alemã escolheu pelo garoto, cria do Bayern de Munique. Então técnico da seleção argentina, Diego Maradona fez cena porque não ficaria sentado na mesma bancada que um “gandula”. Sim, o meia era um desconhecido para o rival, e a organização tratou de explicar. Mas mais tarde não seria preciso... Meses depois, o meia acabou com o jogo e fez um gol na vitória por 4 a 0 da Alemanha sobre a Argentina, pelas quartas de final da Copa.

Hoje, quem é Müller? Jovem, porém um dos líderes desta seleção alemã, tarimbado pelas conquistas recentes com o Bayern. E, já com oito gols em Copas em apenas sete jogos, e o quase um torneio todo pela frente, ainda pode ser mais...

– Não vou esperar marcar três gols num jogo de Copa sempre, mas espero me superar – afirmou.

No duelo contra Portugal, o camisa 13 alternou o posicionamento como um “falso 9”, atuando avançado, entre os zagueiros, e aberto pelas pontas. Além dos três gols, ainda deu o passe para Götze, que sofreu o pênalti convertido por ele.

ARTILHEIROS EM COPAS

Na história da Alemanha - Gols

1. Gerd Müller (1970-1974) - 14
2. Miroslav Klose (2002-2014) - 14
3. Jürgen Klinsmann (1990-1998) - 11
4. Helmut Rahn (1954-1958) - 10
5. Karl-Heinz Rummenigge (1978-1986) - 9
6. Uwe Seeler (1958-1970) - 9
7. Thomas Müller (2010-2014) - 8
7. Rudi Völler (1986-1994) - 8
9. Hans Schäfer (1954-1962) - 7
10. Lothar Matthäus (1982-1998) - 6