icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/06/2014
21:52

Depois de sair derrotada nas quatro últimas partidas que fez, a seleção de Gana finalmente conseguiu interromper a sequência ruim e venceu a Coréia do Sul por 4 a 0, gols de Jordan Ayew (3) e Gyan, nesta segunda-feira, em amistoso disputado em Miami (EUA). Agora, as duas seleções só voltam a campo para a estreia na Copa do Mundo.

Os africanos estão no grupo G e encaram os Estados Unidos, na próxima segunda-feira, na Arena das Dunas, em Natal, às 16h. Já os sul-coreanos estão no grupo H e estreiam apenas na terça-feira, diante da Rússia, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

O JOGO

A Coréia do Sul tomou a iniciativa e começou o jogo com mais volume e posse bola. Logo aos três minutos, os asiáticos mostraram que estavam levando o amistoso à sério. Ki Sung-Yueng chegou de forma maldosa em Waris Majeed e tirou o ganês do jogo, que foi substuído por Jordan Ayew. A mudança acabou ajudando o time africano. Em uma escapada num contra-ataque, a bola acabou sobrando para Ayew, que contou com um desvio da zaga para abrir o placar.

O gol não assustou a Coréia. Empurrado pela torcida, grande maioria no estádio e pelo canto de "Terra, amigo", os sul-coreanos continuaram tentando e quase chegaram ao empate em duas oportunidades. Na melhor delas, em jogada pela esquerda,  Son Heung-Min bateu forte e acertou a trave. No fim do primeiro tempo, Gyan - craque de Gana - arrancou, ganhou na força do zagueiro e tocou na saída do goleiro para ampliar o placar.

Na segunda etapa, a parte física fez a diferença. Com muito mais fôlego, os ganeses tiveram tranquilidade para controlar a partida e não demorou muito para ampliar o placar. Logo aos 8 minutos, o time conseguiu chegar tocando de pé em pé até chegar a Jordan Ayew, que só teve o trabalho de bater no canto para marcar o segundo dele na partida.

Daí em diante, o jogo não teve grandes movimentações. A Coréia do Sul ainda tentou um gol de honra, mas esbarrou na bem armada defesa de Gana e no goleiro Dauda. As inúmeras mudanças das duas equipes deixaram o nível da partida cair. No fim, Adomah cruzou e aproveitou a noite inspirada de Jordan Ayew, que se antecipou a zaga e marcou o terceiro dele no jogo. Goleada afriacana e que venha a Copa.