icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
30/03/2014
20:27

O Atlético-MG ratificou a classificação para a decisão do Campeonato Mineiro ao empatar com o América-MG por 1 a 1, no Estádio Independência, neste domingo. O Galo, que venceu o primeiro jogo da semifinal por 4 a 1, saiu perdendo, após gol de Carlos Renato, e igualou o placar com Neto Berola.

O Alvinegro enfrentará o arquirrival Cruzeiro na final do Estadual. O primeiro jogo da decisão será no próximo domingo, no Campo do Horto. Posteriormente, as duas equipes se encontram no Mineirão. Além da vantagem de decidir como mandante, a Raposa sagra-se campeã com uma igualdade na somatória dos marcadores dos dois confrontos.

O JOGO

Carlos Renato foi o principal nome do clássico. Improvisado por Moacir Júnior no meio de campo, o lateral-esquerdo não precisou de muito tempo para abrir o placar. Quatro minutos após o apito inicial, ele recebeu lançamento de Tchô e estufou a rede adversária. Na jogada, porém, o atleta dominou a bola com o braço direito.

No decorrer do primeiro tempo, o protagonista da partida pouco apareceu. O goleiro Victor tornou-se uma das estrelas do embate ao defender finalizações dos atacantes Obina e Ricardinho, evitando novos gols do visitante.


Perdidos em campo, sobretudo na meiúca, os comandados de Paulo Autuori criaram somente uma boa oportunidade. Jô tentou de letra, mas não encontrou o caminho da meta defendida por Mateus.

Mesmo que distante de uma possível classificação para a decisão, o América foi para o intervalo com a impressão de que poderia vencer o algoz da semana anterior. O pensamento foi alterado rapidamente. Aos dois minutos da etapa complementar, Carlos Renato voltou à cena e cometeu falta em Alex Silva.

Na cobrança da infração, Guilherme deixou Neto Berola em boas condições de marcar. O atacante, apagado no compromisso até então, aproveitou a oportunidade para igualar o marcador.


          Atlético fará decisão contra o Cruzeiro no Mineiro (Foto: Ramon Bitencourt/ LANCE!Press)

Ainda que estivesse distante da classificação, o Coelho deixou de sonhar com o fato após a expulsão de Carlos Renato. O atleta, que recebeu amarelo no lance que originou o gol de empate, cometeu nova falta no lateral-direito e foi expulso.

Em vantagem numérica, o Atlético seguiu incomodando o adversário. Guilherme, Jô, Neto Berola, Marion, Dátolo e Carlos – substituto do autor do gol alvinegro – tiveram boas oportunidades de marcar, mas esbarraram na boa exibição de Mateus.

O América ainda teve outro problema. Obina acertou o jovem Alex Silva em disputa de bola e recebeu cartão vermelho. A saída do atleta, aos 31 minutos, deixou o Galo com dois atletas a mais durante o último terço da etapa complementar.

Superior ao adversário durante todo o tempo final, o time mandante foi ainda melhor após a expulsão do camisa 10 do Coelho. Apesar de todo o domínio, o Atlético não voltou a marcar, mantendo a igualdade no placar.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 1 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 30/3/2014 – às 18h30
Árbitro: Emérson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Pablo Almeida Costa (MG) e Marconi Helbert Vieira (MG)
Público/Renda: 12.102 pessoas / R$ 280.765,00

Cartões amarelos: Guilherme, Dátolo, Neto Berola, Ecarlos (CAM); Leandro Guerreiro, Obina, Andre Girotto, Carlos Renato (AMG)
Cartões vermelhos: Carlos Renato, Obina (AMG)

Cartões amarelos: Guilherme, Dátolo, Neto Berola, Ecarlos (CAM); Leandro Guerreiro, Obina, Andre Girotto, Carlos Renato (AMG)
Cartão vermelho: Carlos Renato, Obina (AMG)

Gols: Carlos Renato – 4’/1ºT (0-1); Neto Berola – 2’/2ºT (1-1)

ATLÉTICO-MG: Victor; Alex Silva, Edcarlos, Otamendi e Dátolo; Claudinei, Leandro Donizete (Eduardo – 30’/2ºT), Guilherme, Marion e Neto Berola (Carlos – 20’/2ºT); Jô (André – 36’/2ºT). Técnico: Paulo Autuori.

AMÉRICA-MG: Mateus; Elsinho, César Lucena, Lula e Gilson; Leandro Guerreiro, Andrei Girotto (Diego – 44’/2ºT), Carlos Renato e Tchô (Cleiton – 35’/2ºT); Ricardinho (Elvis – Intervalo) e Obina. Técnico: Moacir Júnior.