icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/08/2015
11:30

Depois de vencer Jessica Aguilar no UFC 190, no último dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro, Claudia Gadelha ouviu do presidente do UFC Dana White que seria a próxima desafiante ao cinturão peso palha feminino. A brasileira era pretendida para encarar a campeã Joanna Jedrzejczyk no evento que abre o calendário de 2016, dia 2 de janeiro, em Las Vegas (EUA). Porém, com a mudança de Ronda Rousey x Holly Holm, que aconteceria no evento em questão, o UFC 195, para o dia 14 de novembro, pelo UFC 193, na Austrália, Gadelha pode perder a chance.

De acordo com o site Yahoo, o Ultimate considerou escalar Jedrezejczyk contra Valerie Letourneau para o UFC 183 quando o duelo entre Robbie Lawler x Carlos Condit foi adiado por conta de uma lesão do primeiro. Algo que surpreendeu a atleta da Nova União.

- Não sei sobre isso. Li os comentários do Dana White, mas eles não nos avisaram nada. Joanna disse que me enfrentaria em dezembro ou janeiro por conta da lesão dela, mas que poderia encarar alguém antes. Eu falei que estaria pronta em dezembro ou janeiro porque ela estava machucada também, mas se o Dana White quiser dar outra luta a ela, faça isso. Coloque outra na minha frente e vou atropelar. Essa luta (com Joanna) vai acontecer, mas é desrespeitoso. O cinturão é meu. Eu já venci ela uma vez e vencerei de novo. Eles estão tentando tirar isso de mim por um tempo, mas a hora vai chegar - disparou a atleta, em entrevista ao site MMA Fighting. 

Depois de vencer Jessica Aguilar no UFC 190, no último dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro, Claudia Gadelha ouviu do presidente do UFC Dana White que seria a próxima desafiante ao cinturão peso palha feminino. A brasileira era pretendida para encarar a campeã Joanna Jedrzejczyk no evento que abre o calendário de 2016, dia 2 de janeiro, em Las Vegas (EUA). Porém, com a mudança de Ronda Rousey x Holly Holm, que aconteceria no evento em questão, o UFC 195, para o dia 14 de novembro, pelo UFC 193, na Austrália, Gadelha pode perder a chance.

De acordo com o site Yahoo, o Ultimate considerou escalar Jedrezejczyk contra Valerie Letourneau para o UFC 183 quando o duelo entre Robbie Lawler x Carlos Condit foi adiado por conta de uma lesão do primeiro. Algo que surpreendeu a atleta da Nova União.

- Não sei sobre isso. Li os comentários do Dana White, mas eles não nos avisaram nada. Joanna disse que me enfrentaria em dezembro ou janeiro por conta da lesão dela, mas que poderia encarar alguém antes. Eu falei que estaria pronta em dezembro ou janeiro porque ela estava machucada também, mas se o Dana White quiser dar outra luta a ela, faça isso. Coloque outra na minha frente e vou atropelar. Essa luta (com Joanna) vai acontecer, mas é desrespeitoso. O cinturão é meu. Eu já venci ela uma vez e vencerei de novo. Eles estão tentando tirar isso de mim por um tempo, mas a hora vai chegar - disparou a atleta, em entrevista ao site MMA Fighting.