icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/08/2015
11:30

Depois de bater Jessica Aguilar no UFC 190, no último dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro, Claudia Gadelha teve sua chance pelo cinturão peso palha feminino prometida por Dana White momentos após o evento. Porém, semanas depois, após Dana apontar que o combate entre a brasileira e a campeã Joanna Jedrzejczyk poderia acontecer no UFC 192, em Las Vegas, no dia 2 de janeiro, foi especulado que Joanna poderia enfrentar Valerie Letourneau no UFC 193,na Austrália, junto a Ronda Rousey x Holly Holm devido ao tempo que Claudia precisa para voltar ao octógono.

Para esclarecer algumas dúvidas e reafirmar que está pronta para ganhar a chance pelo cinturão do UFC, Gadelha recorreu às redes sociais para mandar uma mensagem sobre sua situação.

- Pessoal, eu não estou lesionada. Estou cuidando do meu dedo que machuquei na luta contra a Aguilar. É isso. Estarei pronta quando Joanna estiver - declarou, em publicação no Twitter.

Depois de bater Jessica Aguilar no UFC 190, no último dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro, Claudia Gadelha teve sua chance pelo cinturão peso palha feminino prometida por Dana White momentos após o evento. Porém, semanas depois, após Dana apontar que o combate entre a brasileira e a campeã Joanna Jedrzejczyk poderia acontecer no UFC 192, em Las Vegas, no dia 2 de janeiro, foi especulado que Joanna poderia enfrentar Valerie Letourneau no UFC 193,na Austrália, junto a Ronda Rousey x Holly Holm devido ao tempo que Claudia precisa para voltar ao octógono.

Para esclarecer algumas dúvidas e reafirmar que está pronta para ganhar a chance pelo cinturão do UFC, Gadelha recorreu às redes sociais para mandar uma mensagem sobre sua situação.

- Pessoal, eu não estou lesionada. Estou cuidando do meu dedo que machuquei na luta contra a Aguilar. É isso. Estarei pronta quando Joanna estiver - declarou, em publicação no Twitter.