icons.title signature.placeholder Gabriel Cassar
18/02/2015
13:09

Gabriela Cé tem apenas 21 anos de idade, mas mostrou que já possui um tênis de "gente grande". A gaúcha travou um belo duelo com Johanna Larsson pela 2ª rodada do torneio de simples feminino do Aberto do Rio, mas acabou sendo eliminada por 2 sets a 0 (7/6 e 6/4) e deu adeus ao torneio. 

No primeiro set, Gabriela mostrou que não sentiria pressão em jogar com a cabeça de chave número 5 do torneio. Com muita personalidade, a brasileira duelou de igual para igual com Larsson, mostrando muita capacidade técnica e mental. Abusando das deixadinhas, Gabi conseguiu devolver as três quebras que sofreu e levou o jogo para o tie break. Errando menos, a sueca conseguiu fechar em 7/4 e ganhou o set.

A dinâmica da partida seguiu a mesma no segundo set. Logo de cara, Gabriela teve seu saque quebrado e viu a sueca confirmar, abrindo 2 a 0. A brasileira, novamente, conseguiu se recuperar, devolveu a quebra e empatou logo em seguida, levando o público da quadra central ao delírio. 

A instabilidade no saque custou muito à tenista da casa, que se via sempre atrás no placar, tendo que reverter quebras. Depois de mais uma tentativa falha de confirmar seu serviço, Gabriela viu a sueca disparar no set, abrindo 5 a 2. 

Incansável, a gaúcha novamente correu atras do prejuízo, confirmando seu saque e quebrando Larsson na sequência, deixando o segundo set em 5 a 4. A reação parou por aí: Gabi teve seu último serviço quebrado pela sueca e perdeu a partida.

Apesar da derrota, foi possível enxergar muito potencial na jovem tenista brasileira, que não se intimidou, em nenhum momento, por estar jogando com uma jogadora cabeça de chave. Como já havia sido eliminada nas duplas, a gaúcha está fora do Aberto do Rio.