icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/04/2014
16:08

Depois de três dias de espera, as ondas finalmente apareceram na Austrália e o Rip Curl Pro Bells Beach pôde começar. E o início não foi bom para os brasileiros. Somente o líder do ranking Gabriel Medina passou direto para a terceira fase da terceira etapa do circuito mundial 2014. Atual campeão em Bells Beach, Adriano de Souza terá de encarar a repescagem. Assim como Raoni Monteiro, Miguel Pupo, Filipe Toledo e Jadson André.

Monteiro foi o primeiro brasileiro a entrar na água, na segunda bateria. Ele somou 6.47, contra 7.03 do australiano Josh Kerr e 9.33 do havaiano Sebastian Zietz. Na oitava bateria, Filipe Toledo somou 13.37, mas acabou superado pelo australiano Dion Atkinson (13.97) e pelo sul-africano Jordy Smith (15.60).

Na nona bateria, Medina somou 10.17 e superou o sul-africano Travis Logie (8.30) e o compatriota Miguel Pupo (7.84). Na 10ª bateria, Adriano de Souza somou 10.33 e foi melhor do que o australiano Matt Wilkinson (5.50), mas acabou tendo resultado inferior ao do também australiano Owen Wright (14.10). E na 12ª bateria, Jadson André, com 5.17, foi derrotado pelo australiano Kai Otton (8.73) e pelo americano C. J. Hobgood (10.70).

Por uma vaga na terceira fase, Adriano de Souza enfrenta o americano Brett Simpson. Monteiro terá pela frente Kai Otton. Pupo encara Atkinson. Toledo mede forças contra Logie. E Jadson André disputa a classificação contra o havaiano Fredrick Patacchia.