icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/06/2014
22:43

Invicto no MMA, Carlos Diego Ferreira estreou no Ultimate em grande estilo. Atuando pelo card preliminar do UFC de San Antonio, em luta que aconteceu neste sábado, nos Estados Unidos, o brasileiro não deu chances para Colton Smith e finalizou o americano aos 38s do primeiro round.

Smith tentou ser mais ofensivo no combate e partiu para cima do brasileiro logo no início do confronto. Investindo na luta agarrada, o americano conseguiu encurralar o brasileiro na grade. Porém, mesmo pressionado, Diego acertou uma bela queda e levou a luta para o chão.

No solo, o brasileiro chegou dar alguns golpes em seu oponente, mas foi no jiu-jitsu que construiu o caminho para a vitória. Ao realizar uma transição, Diego encaixou um justo estrangulamento em Smith, obrigando o americano a desistir do combate aos 38s do primeiro assalto.

Logo após o embate, em entrevista ainda no octógono, Diego comentou sobre o nervosismo pela estreia na maior organização de MMA do mundo. O brasileiro revelou que pretendia mostrar um pouco mais de sua qualidade na luta em pé, mas mostrou-se feliz com o resultado.

- A gente sempre fica nervoso em estreia, e o UFC é a melhor casa. Tinha muita pressão em cima de mim por ser a primeira luta, mas consegui fazer o meu melhor. Queria ter mostrado um pouco mais a minha trocação, mas buscar a finalização também foi algo que treinei bastante - comentou o atleta.

Aos 29 anos, Diego chega a sua décima vitória na carreira e continua invicto no MMA. Já Smith, que venceu a 16ª edição do TUF, agora possui um cartel negativo, com três vitórias e quatro derrotas em seu histórico.

A LUTA
1º Round
Colton Smith não perdeu tempo e partiu para a luta agarrada logo no início do confronto. No entanto, mesmo encurralado na grade, o brasileiro surpreendeu o americano e conseguiu uma queda. No chão, Diego conseguiu encaixar um estrangulamento e finalizou o combate.

Marcelo Guimarães x Andy Enz
Primeiro brasileiro a subir no octógono pelo UFC de San Antonio, Marcelo Guimarães bateu Andy Enz na decisão unânime dos juízes. No confronto, o brasileiro dominou o centro do octógono e foi melhor que seu oponente na luta agarrada.

Com o resultado, Guimarães voltou a vencer no Ultimate e agora possui um cartel de nove vitórias, uma derrota e um empate na carreira. Já Andy, que possui sete triunfos no MMA, amargou seu segundo revés em seu histórico.